A Tailândia foi exemplo no combate ao COVID-19 no ano de 2020. Cientistas do mundo inteiro ficaram curiosos para saber o que fazia a Tailândia ser excelência no combate à doença. Desde o final de maio o país estava muito seguro, com pouquíssimos casos e as pessoas começaram a sair de suas casas, porém seguindo todos os protocolos exigidos. Mas, infelizmente, uma segunda onda da doença COVID-19 invadiu a Tailândia em dezembro e vamos te contar com mais detalhes nesse post.

Receba dicas e informações sobre a Tailândia

    Turismo na Tailândia durante a pandemia do COVID-19

    Embora dependa muito do turismo, essa não é a primeira vez que a Tailândia passa por uma crise como essa. O Tsunami de 2004, protestos políticos e bombardeios já marcaram a história do país, que se recupera rapidamente. A pandemia, mesmo sendo em escala maior, não tira o objetivo do governo: salvar vidas.

    Por isso, o lockdown severo por meses, fechar fronteiras, a utilização de robôs para atendimento dos pacientes infectados e o controle e rastreamento de pessoas infectadas foram algumas das medidas tomadas pelo governo para garantir a segurança da população. Infelizmente isso acarretou que alguns comércios fechassem definitivamente, como hotéis, restaurantes, pousadas, hostels e locais de entretenimento puramente turísticos, que não recebiam tailandeses.

    Ainda que sem vacinação, o Ministério do Turismo tailandês passou a estimular as viagens domésticas, movimentando tailandeses e expatriados que lá vivem com condições atrativas em resorts e hotéis de luxo, além de descontos em passeios. Com a estratégia, foram criados também feriados prolongados ou fins de semana mais longos até o final de abril de 2021. Isso fez o turismo interno aumentar no país e também, apresentou ao seu próprio povo, lugares que eles desconheciam.

    A diferença, contudo, é gritante. A Tailândia recebia 40 milhões de turistas por ano e, no período de pandemia, o número foi aproximadamente 5 mil turistas estrangeiros até dezembro.

    Viagem para a Tailândia

    Dá para entender o desejo das pessoas de viajar para a Tailândia, não? | Foto: @passeiosemphiphi

    Se acha interessante essa notícia sobre a segunda onda de COVID-19 na Tailândia não deixe de ler o discurso que o primeiro ministro da Tailândia fez ao final de Dezembro com as medidas e expectativas para o ano de 2021. Se você se interessar, também tem um relato de como está o lockdown em Koh Phi Phi, ilha mais famosa da Tailândia.

    Como estão as fronteiras da Tailândia (COVID-19)

    Dia 18 de Novembro, com o Estado de Emergência estendido até dia 28 de Fevereiro pela oitava vez, imaginava-se que os números problemáticos diminuiriam drasticamente.

    A reabertura para o turismo na Tailândia ocorreu gradualmente desde o final de 2020, porém com restrições, como a quarentena de 14 dias. Em Dezembro, o país se viu imerso em casos de coronavírus, quando houve uma onda de contaminação em Bangkok e, até o fechamento dessa matéria, já são mais de dez mil pessoas infectadas.

    Dia 17 de Dezembro se notou o primeiro caso. Uma senhora de 95 anos foi descoberta com sintomas nos arredores de Bangkok e isso fez o governo ficar em alerta. Nos dias que se seguiram, inúmeros casos apareceram nessa região, entre elas, mais duas pessoas de risco que moravam com a senhora. Em menos de oito dias os números aumentaram em mais de 600 na localidade e quase 5 mil casos no país.

    A partir dessa data, as cidades foram criando bloqueios para evitar o turismo, fechando parques, pubs, bares, karaokês, academias antes mesmo do Natal. Locais conhecidos como ICONSIAM, que exibia um lindo show de fogos de artifícios e eventos de Natal e Ano Novo na Tailândia, foram cancelados e outros apenas exibidos pela TV.

    Segunda onda de COVID-19 na Tailândia

    Tailandeses fazendo refeições fora de casa com toda a segurança possível antes da segunda onda. Foto: NYTimes.

    Você sabia que temos passeios incríveis na Tailândia?

    Veja aqui sobre os passeios em Phi Phi que organizamos. Os principais são o One Day Trip, passeio de lancha compartilhada com guia brasileiro e reserva de longtail boat privativo.

    Nós também temos passeios em Phuket, Krabi, Bangkok e Chiang Mai. Ah, e se estiver fazendo um mochilão pela Ásia, temos parceiros naIndonésia e Camboja!

    Resposta do governo tailandês à segunda onda no país

    O país enviou testes rápidos à região com o objetivo de diminuir assintomáticos transmitindo o vírus e solicitou o uso de máscaras em qualquer ambiente, mesmo externos. Multas de THB 20 mil (cerca de R$ 4 mil) serão aplicadas para pessoas que estiverem sem máscaras. Porém, a infecção seguiu a outros municípios, até chegar no sul da Tailândia.

    No dia 29 de Dezembro as escolas de todo o país foram fechadas para que as aulas continuem apenas online. O ano letivo tailandês é diferente do brasileiro.

    No primeiro dia de janeiro, a boa notícia: o ministro da saúde conseguiu mais 2 milhões de doses antecipadas da vacina, que devem chegar de fevereiro a abril. O plano de governo tailandês privilegiará os mais sensíveis e profissionais de saúde, como o resto do mundo.

    Infelizmente, neste mesmo dia, o país também atingiu a marca de 63 mortos desde o início da pandemia do coronavírus.

    No dia 2 de janeiro, Bangkok teve os seguintes locais fechados até o dia 31 de janeiro:

    Lista de lugares fechados na Tailândia por causa da segunda onda do COVID-19

    Lista de lugares fechados na Tailândia por causa da segunda onda do COVID-19

    O Grand Palace e o Templo do Buda Esmeralda se incluem na lista, além de restaurantes que ficarão abertos somente até às 21h.

    5 de janeiro foi um dia de muitas decisões na Tailândia. Agora, há uma quarentena interna, o que significa que se você sair de Bangkok e for a alguns locais do sul, deverá cumprir quarentena. O governo criou um auxílio financeiro para os moradores das regiões afetadas pelo coronavírus.

    E a melhor notícia de todas é que o governo tailandês conseguiu vacina gratuita para todo seu povo!

    A situação da segunda onda de COVID-19 na Tailândia

    O ministro Chan-o-cha confirmou a chegada de mais 35 milhões de doses nos próximos 2 meses, além de 26 milhões já encomendadas desde o ano passado. O governo criou um plano trifásico: a primeira fase vai de fevereiro a abril e vai cobrir as 5 zonas com mais risco do país (Samut Sakhon, Chon Buri, Rayong, Chanthaburi e Trat).

    A segunda fase, que será entre maio e junho, envolve 26 milhões de doses a grupos vulneráveis. A terceira fase, com mais 35 milhões de doses, começa no segundo semestre e termina no começo de 2022, e envolve a vacinação de todo o restante da população.

    Embora a Tailândia esteja trabalhando com vários fabricantes de vacinas (leia a notícia completa a respeito), entre eles Sinovac, AstraZeneca, Oxford, todas elas envolvem duas etapas com quatro semanas de intervalo. O que significa que cada grupo ficará imune em até 2 meses, informa Dr. Opas Karnkawinpong, diretor geral do programa.

    Mesmo atravessando essa segunda onda de COVID-19, a Tailândia, até o fechamento dessa matéria, tem como números oficiais:

    10.298 pessoas infectadas
    3.803 recebendo tratamento médico
    6.428 recuperados
    67 mortes

    Em colaboração com: Ana Luiza S. Varella – Viagem a Sério

    Participe dos nossos grupos para troca de dicas e informações:

    Seguro viagem para a Tailândia é essencial!

    Contrate um seguro viagem de qualidade e confiável. Nós recomendamos a World Nomads, que tem atendimento em português pelo Whatsapp e a SegurosPromo, nossa parceira nacional.

    Para contratar a World Nomads use o código PROADAVIDA5 para ter 5% de desconto e na
    SegurosPromo o código PPP10 para ter 10% de desconto.
    Assista essa playlist para te ajudar a escolher o melhor seguro viagem!

    Planeje bem o transporte da sua viagem pela Ásia!✈️🚌🌏

    O continente é formado por muitas ilhas, regiões montanhosas e distâncias longas e isso exige algumas horas de locomoção de um lugar para outro. A nossa dica é usar 12Go Asia para pesquisar e reservar os principais transportes e evitar perrengues durante a viagem.

    Eai, o que achou do post sobre a segunda onda de COVID-19 na Tailândia? Esperamos ter te ajudado a planejar a sua viagem pela Tailândia. Não se esqueça de ler este blog e o naproadavida.com já que damos dicas para aproveitar ao máximo esse país maravilhoso. Nós também temos conteúdo sobre a Ásia em nosso Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube, dá uma olhadinha!

    Se tiver alguma dúvida deixe aqui embaixo nos comentários que iremos ficar super felizes em responder.
    Ah, e quando souber a data que fará a sua viagem para a Tailândia não deixe de entrar em contato com a gente para combinarmos os melhores passeios em Phi Phi e na Tailândia.

    Receba dicas e informações sobre a Tailândia

      Iniciar conversa
      E aí, tem alguma dúvida? Clique abaixo e vamos conversar!